Poesia

Do cuidado

Pierre Auguste Cot. The Storm (1880)

Cuidado com as flores!
Não por serem flores,
mas porque nem tudo são flores.

Conserva o que tens!
Para que não te seja
Arrancado o que ainda não tens.

Poesia

Somos sonhos

Claude Monet. Bazille and Camille (Study for "Déjeuner sur l'Herbe") (1865)

Sonho acordado
desejando.
Desejando também
sonhar dormindo
Não apenas sonhar,
mas sonhar contigo.

Quiçá nos encontremos
em lugar e hora marcada.
Lugar tranquilo.
Hora desejada.
Como desejado é te encontrar,
inda que chegue atrasada.