Poesia

Cosmos jardim

Otto Stark. Garden in Paris (1885)

Bem arado foi o céu

Enchido com sementes de estrelas
Como serão suas flores?
Rosadas de luz? Cheias de cores?
Quem as colherá? Quem escolherá?

Há um jardineiro?

Um bastaria? 
Como se podam estrelas?
Quem… quem as regaria?

Poesia

Houve-te

Permita-me a mim te dizer
Que antes de tu(do) veio a luz
E assim foi, p’ra que eu pudesse te ver.

A ti foi dado odor de poesia
Uma beleza primaveral
E um toque de canções.